sexta-feira, 20 de abril de 2012

mais, Mais, MAIS!!!!



Que lindo dia para voltar a escrever…

É nesta altura em que Portugal atravessa uma fase difícil, em que os Portugueses estão em baixo, em que os preços estão cada vez mais altos, que surge o Olha o Pirralho para alegrar as vossas vidas! E como poderei fazer isso?!

Simplesmente fazendo-vos uma recomendação: Façam “o amor”!

É sobre “o amor” que vos vou falar hoje.

Em Munique, no Sul da Alemanha, um homem pediu ajuda à polícia porque estava a ser mantido preso num apartamento por uma mulher. A razão era simples. A senhora queria mais sexo!

O casal conheceu-se num bar e concordaram em ir para casa dela praticar “o amor”. Contudo, não satisfeita com uma, a mulher exigiu a segunda. Não contente com a segunda, a mulher exigiu a terceira. A custo, o homem de 43 anos lá acedeu, para se poder ir embora… Ainda não satisfeita com três, exigiu a quarta e aí o homem chamou a polícia!

O mais curioso é que, depois da chegada das autoridades, a mulher convidou os polícias para também eles participarem nas “actividades”, sendo obviamente detida.

Gostava de deixar aqui uma palavra para esta pobre mulher, que é leitora do Olha o Pirralho (na versão alemã): Você tem um “Dom”! Sim, você tem um “Dom”! Já pensou em colocar o seu “Dom” ao serviço da comunidade? Porque não disponibilizar no seu prédio um serviço gratuito de amor? Pense nisso! Na próxima reunião de condóminos exponha este tema e estou certo que os restantes inquilinos verão com bons olhos a sua generosidade, pelo menos os homens… Se tiver sucesso, alargue a sua generosidade à sua rua e quiçá ao seu bairro. Assim, poupa dinheiro com as idas aos bares e com possíveis processos judiciais.



Agora vão às vossas vidas e não se esqueçam de fazer “o amor”.

N.º Total Visit