sábado, 26 de junho de 2010

Seduzido por uma Vaca



E se, no decorrer do vosso dia-a-dia, se deparassem com um vizinho a ter relações sexuais com uma vaca? Não me estou a referir a uma mulher promíscua, estou a falar de uma vaca de verdade!
Esta estranha história passou-se na Indonésia, onde um jovem chamado Alit, de 18 anos, foi apanhado pelos vizinhos a ter relações sexuais com uma vaca. Prontamente, Alit justificou-se dizendo que havia sido seduzido pela vaca, que aos seus olhos se assemelhava a uma linda mulher e que esta o havia chamado pelo nome, seduzindo-o prontamente.
Para salvar o nome da família foi forçado a casar com a vaca, tendo sido posteriormente banhado para se purificar. Já a vaca, foi levada para o mar alto e afogada.
Não posso deixar de ficar a pensar nesta linda história de amor e naquilo que este jovem afirma. Como pôde a vaca seduzir este jovem? Será que enquanto mastigava a erva fresca, lhe piscou o olho? Terá abanado o rabo de forma propositada e provocatória? Terão sido as suas ancas bem definidas, qual Shakira em versão vaca?
Entretanto, fico igualmente com sérias dúvidas relativamente à beleza feminina, na Indonésia. Será que as mulheres se assemelham todas a vacas? É que, pelo menos aqui em Portugal, não existe comparação. Algumas, podem até ser apelidadas de vacas, mas até serem parecidas com elas...
Agora, o que mais me surpreende é que a vaca tenha chamado pelo nome do Alit. 
Resumindo, a pobre vaca foi violada por um maluco, foi obrigada a casar sem conhecer a família do noivo e sem puder mandar convites para a sua família e para terminar, foi afogada no mar alto.
Se me é permitido, e já que a maior parte dos Indonésios lê este blogue, deixo um conselho aos vizinhos deste jovem:
Escondam as galinhas, as cabras, as ovelhas, os coelhos e tapem os buracos nas paredes. É que por este andar, ou internam o jovem ou ainda têm que afogar uma carrada de animais e ainda umas quantas paredes.

Boa semana para todos!  

sábado, 19 de junho de 2010

Sexo & Cinema - CINEBOLSO


Olá a todos!

Esta semana, trago até vós um assunto que me deixa, no mínimo intrigado.  
Não irei abordar o que disse recentemente Cristiano Ronaldo "Os golos são como o ketchup, quando aparecem vêm todos de uma vez", porque não falo a mesma língua que ele e se penso muito nesta frase, estupidifico...
Quero falar-vos sim, de uma grande sala de cinema em Lisboa chamada CINEBOLSO, que é uma referência na arte de passar filmes de sexo, em várias matines.
Em primeiro lugar, gostaria de dizer que dificilmente poderiam ter escolhido melhor nome, uma vez que durante o filme muitos serão os que levam as mãos aos bolsos., vá-se lá saber porquê.
Contudo, nunca estive no CINEBOLSO e por esse motivo posso apenas imaginar como será assistir a um filme pornográfico naquela sala. A primeira questão, que me assombrou o pensamento é relativa aos bilhetes. Será que fazem descontos para pessoas que sofram de ejaculação precoce? É que é chato pagar o bilhete inteiro quando só se vê uns 2 minutos... Se não fazem, deviam!
Se repararem, nos cinemas comuns, temos aqueles menus com pipocas e uma bebida. Como será no CINEBOLSO? Menu Viagra+Água+Toalhitas+ Amendoins? Está certo que poderá ser apenas um detalhe, mas eu interesso-me. Além do mais, a higiene não deve ser descuidada.
A outra questão com que me deparei foi o conforto das pessoas.  Será que se chegam a sentar? Ficam de pé? (As pessoas) Ficarão dentro de umas cabines  próprias? É que se aquilo é mesmo tipo cinema, com as tradicionais cadeiras, todas alinhadas, deixo desde já aqui um alerta a quem pense em ir ao CINEBOLSO:  NUNCA se sentem se não tiverem a certeza que na cadeira não está ninguém! Podem depois ter dificuldades em se levantar, digo eu...
Seja como for, de uma coisa tenho a certeza, este é um cinema onde no fim ninguém bate palmas, porque possivelmente têm as mãos ocupadas...

Boa semana e aproveitem bem!


PS:  Como já devem ter reparado, este blogue passou a ter publicidade, devido aos elevados custos de manutenção deste blogue gratuito. Não tive escolha! :)
Já vos disse que estes anunciantes são os melhores do mundo? :)

sábado, 12 de junho de 2010

Efeito Montepio



Quem é que ainda não viu o anúncio do Montepio? Aquele onde uma Senhora tem um marido que nunca ri, trombudo e muito sério mas que, depois de entrar no Montepio, fica muito mais apetecível.
A publicidade é a cada dia que passa, mais e mais criativa mas neste caso específico, é bastante enganosa.  
É obvio que uma pessoa pode entrar no Montepio e sair de lá completamente diferente, como eles mostram. Agora a questão é como?! Simples, basta que a mulher beba uns copos e não tardará muito para o efeito Montepio aparecer-lhe perante os seus olhos. O mais grave é que um banco prestigiado (em algum lado, mas que agora não me recordo), ofereça bebidas aos seus clientes e os faça ficar com uma grande moca.
Podemos porém concordar, que para o homem será bastante agradável ver finalmente a sua mulher a olhar para ele, com imenso desejo. Se ele superar o forte hálito a álcool e o muito provável balbuciar de palavras imperceptíveis e sem sentido, acompanhadas pela referência a homens que ele não conhece, pode ser que tudo corra bem.
O problema será, quando o efeito do álcool passar e ela se aperceber que a realidade não foi alterada. Será justo para a cliente?  
No entanto, muitos são já os relatos de mulheres que forçam os seus queridos trambolhos a entrar numa sucursal Montepio, na tentativa de um milagre. Quando lá chegam, ficam paradas a olhar à volta, à espera que a transformação ocorra por si só. Apesar das tentativas dos colaboradores: "Bom dia, posso ajudar?", ficam imóveis com o "menos bonito" ao lado. No final, lá perguntam: "Olhe lá, explique-me uma coisa. É para deixar este gajo e depois venho-o buscar já jeitoso, ou despacham isto na hora?". E o resto já vocês sabem. O Montepio fornece uma boa dose de uma bebida qualquer, mete-a a assinar créditos para tudo e para nada e "toma lá o teu jeitoso". Pelo menos, durante umas horas, o trombudo transforma-se num príncipe encantado.
Assim, todos os que tenham namoradas/mulheres que os convidem para ir ao Montepio, desconfiem. A minha já tentou, mas EU NÃO VOU!
Espero que tenham uma boa semana!

sábado, 5 de junho de 2010

Faina Militar



Nestes dias, alguns piratas somalis, adiante designados pescadores somalis, estarão a ser julgados por pirataria num Tribunal Holandês, que os poderá condenar até 12 anos de prisão efectiva.
Nos relatórios entregues pelas autoridades, estas referem que os homens se aproximaram de um navio Turco, numa pequena embarcação, e começaram a disparar contra este, numa clara tentativa de o tomar.
Entretanto, numa das audiências já realizadas, Farah Ahmed Yusuf, de 25 anos, declarou que o objectivo deles era tão-somente ir pescar e nunca atacar o navio Turco, que por ali passava.
Não posso deixar de manifestar o meu apoio a estes jovens pescadores, que no decurso da faina se viram acusados de pirataria, só porque pescavam com lança-rockets e metralhadoras. É inadmissível, que as pessoas que ganham a sua vida no mar, trabalhando várias horas sobre o sol, chuva, vento, ondas gigantes, gaivotas a cagarem-lhe em cima e ainda para mais utilizando técnicas novas de pesca militar, se vejam envolvidas neste tipo de situações. Querem melhor forma de matar uma baleia, que utilizando um lança-rockets? Quando atingem a baleia, esta fica aos pedacinhos e assim é mais fácil de transportar de volta para terra. Que queriam que os homens fizessem? Estes homens estão a inovar, numa terra de muito poucas oportunidades.
Possivelmente, os tiros de metralhadora que atingiram o barco Turco, não foram mais que tentativas desesperadas dos pobres pescadores de afastarem as gaivotas que, como toda a gente sabe, parece que têm uma mira no ânus. E convenhamos, é desagradável levar com cocó de gaivota no lombo!
Na minha modesta opinião, o que pesa contra eles é o facto de trazerem vestidos coletes anti-bala, em vez dos tão tradicionais coletes salva-vidas cor-de-laranja. Os jovens, inexperientes, pegaram nos coletes que tinham mais à mão e lá foram eles ganhar a vida. Parece-me assim, que deviam era levar um valente puxão de orelhas por parte do Juiz por se terem colocado numa situação de perigo.  
Espero que tenham uma boa semana! Eu vou andar a apanhar caracóis e já levo aqui umas quantas granadas e uma espingarda de canos cerrados, não vá algum escapar.

N.º Total Visit