Esta semana...



Bom dia, Boa tarde ou Boa Noite, consoante a altura do dia em que se encontram.
Pela altura que lerem este texto, posso afirmar que já não estarei a escreve-lo. É importante referir isto!

Esta semana que passou, gostaria de destacar o momento amoroso entre Mourinho e Materazzi do Inter de Milão, que comoveu meio mundo, mais concretamente aqueles que têm televisão. Depois de rever as imagens, fico com a sensação que o momento romântico na proa do Titanic, perdeu o trono para o momento proporcionado por estes dois homens. Para mim, só faltou um beijo bem forte e repenicado!
Ainda por Itália, mais concretamente em Nápoles, suspeita-se que algumas pizzarias locais estão implicadas numa situação no mínimo invulgar. A polícia anda a investigar a possibilidade de as ditas pizzarias andarem a utilizar como energia para os seus fornos, madeira de caixões roubados dos cemitérios. Segundo a noticia, além das pizzarias também algumas padarias poderão estar implicadas neste negócio, uma vez que a madeira lhes é vendida muito mais barata que a madeira sem defunto encrostado.
Como poderão imaginar, as pizzas em Nápoles nunca mais serão as mesmas.
Na minha opinião, podiam aproveitar e em vez de ir cremar as pessoas para os cemitérios colocavam a urna nos ditos fornos e ajudavam a fazer umas pizzas bem apetitosas, com sabores nunca antes provados, aproveitando assim a energia: "Oh mãe, esta pizza Tio Giancarlo está mesmo boa! Ainda cheira ao Tio!" Mmmmm
Entretanto, em Nova York estarão à venda inúmeros esqueletos de dinossauros, para quem estiver interessado, está claro. Esta estranha venda está a atrair imensos coleccionadores e ao mesmo tempo vários museus. Aproveitando esta onda, José Castelo Branco vai já a caminho de Nova York para tentar colocar a sua Betty perto dos dinossauros para ver se “passa”. Não tenho a certeza se compram coisas assim tão velhas, mas fica o esforço.
Finalmente, no nosso querido e adorado país, centenas de vuvuzelas têm-se vindo a escutar um pouco por TODO O LADO!!!
Ainda ontem, vi uma criança toda entretida no meio da rua a soprar a sua vuvuzela como se não houvesse amanhã. A minha vontade era mandar-lhe com o telemóvel, mas tive medo de o partir. 
Estou seriamente a pensar pedir uma indemnização à GALP por ser responsável por me andarem a lixar a paciência.
Não podíamos ficar pelas bandeirinhas nas janelas e uns cachecóis? Tinha logo que vir um idiota e lembrar-se que era bom Portugal andar a soprar numa peça de plástico, que faz um barulho que irrita?! Ainda para mais querem que o pessoal sopre naquilo um minuto antes de cada jogo… O que vale é que são só três jogos.
Boa semana para vocês todos, com excepção daquele senhor que vem ver este blogue e não limpa os pés.

Comentários

  1. Pois foi um momento bonitinhooo!! Só pra quem tem tv, claro está !
    Eu acho sinceramente que essa venda "esquelética" vai favorecer o Castelinho nuns tantos milhares de euros..a Betty é mais do que pré-história...quem sabe ñ seja A.C...
    As vuvus...é muito bonitinho até começar a encher os ouvidos até mais ñ. E essa ideia mais que estúpida de tocar 1 minuto, SANTAAAA. É cada estrategma comercial...

    ResponderEliminar
  2. Pizza com cheiro a tio? Muito bom, de facto.
    Bem, em relação às vuvuzelas... eu apoio totalmente esse teu pedido de indemnização. Cada vez que vejo um puto a bufar naquela porcaria, imagino-o a engolir a vuvuzela. Espero bem que depois do mundial acabar, as vuvuzelas se acabem também!
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Obrigada por te tornares seguidor*
    Continua com o blog, está brutal :D

    ResponderEliminar
  4. Olá Palavra Já Perdida!

    Foi, não foi?! :)
    Será que alguém fica com a Betty?
    A ideia de tocar durante 1 minuto a vuvuzela é cientifico:
    Se não tocarmos, a Selecção perde;
    Se tocarmos durante 30 segundo, a selecção apenas empata;
    Se tocarmos por 1 minuto, a Selecção ganha;
    Se tocarmos mais de 1 minuto, levamos um tiro de um vizinho... :)

    Bjs e obrigado pelo teu comentário.
    Kipo

    ResponderEliminar
  5. Olá Sara sem Sobrenome!

    Então não seria uma boa ideia para as pizzarias?
    "Aí o meu homem era tão bom! Agora é tão saboroso! Que pizza apetitosa!" Não? :)
    Essa de imaginar o puto a engolir a vuvuzela é de mestre! clap, clap, clap! :)

    Bjs e obrigado pelo teu comentário,
    Kipo

    ResponderEliminar
  6. Olá Ana!

    Não tens nada que agradecer! :)
    Ainda bem que gostas deste espaço. Fica à vontade para voltar, comentar, opinar, insultar... :)

    Bjs e obrigado pelo teu comentário,
    Kipo

    ResponderEliminar
  7. Obgdaa por te tornares seguidor (:

    ResponderEliminar
  8. Acho que já não vim a tempo de te apanhar a escrever este post.

    Quanto ao momento romantico entre o Mourinho e o Materazzi, na minha opinião faltava o Materazzi pegar no Mourinho e andar à roda com ele, com ambos a sorrir, antes de se beijarem apaixonadamente. Das vuvuzelas nem digo nada, porque senão vou-me irritar. Só gostava de conhecer o gajo que teve esta ideia das vuvuzelas a apoiar Portugal, para lhe cuspir na cara.

    Grande post, Pirralho. Digo-te já que este é daqueles blogs que sigo e gosto de seguir. Parabéns.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Entre o Mourinho e o Materazzi, gosto especialmente da parte em que o Mourinho lhe põe a cabeça no ombro, quase à bruta cof cof.
    Gostava muito, que começassem a tocar vuvuzelas apenas em altura de jogo. Ainda nem chegamos à altura do mundial, e já não posso ouvir as pessoas na rua, nem mudar para a tvi. Sim porque a cada 2minutos aparece sempre aquela publicidade com o homenzinho.
    Gostei do blog ;)

    ResponderEliminar
  10. Olá Rute!

    Não tens que agradecer.

    ResponderEliminar
  11. Olá Chá com tremoços!

    Pois, não viste mesmo! :)

    De facto, como descreves, seria ainda mais romântico!
    Acredita que o teu blog é daqueles que leio sempre que posso, porque gosto e tem qualidade.

    Abraço, obrigado pela tua visita e pelo teu simpático comentário.
    Kipo

    ResponderEliminar
  12. Olá Cat!

    Olha que já não me lembrava dessa parte. :) É verdade, foi um carinho masculinizado. :)
    Quanto às vuvu, temos que nos reunir e colocar a galp em tribunal.

    Bjs e obrigado pelo teu comentário,
    Kipo

    ResponderEliminar

Enviar um comentário